Gestão de franquias: guia completo de como ter um negócio criativo

Por Construlino - 18 de junho de 2018

1. Introdução

Não há dúvidas que as franquias apresentam-se como um negócio promissor e rentável. No 3º  trimestre de 2017, por exemplo, o setor teve um rendimento de nada menos do que R$ 41.850 bilhões, valor que apresenta um acréscimo de 7,8% quando comparado ao mesmo período de 2016.

Gestão de Franquias

Não para por aí. Os números para o futuro também são otimistas. A projeção da Associação Brasileira de Franchising (ABF) é que o faturamento para 2018 aumente entre 8% e 10%, contribuindo inclusive com o ampliação da taxa de emprego — de 5% a 6%.

Com essas dados, fica evidente a potência do setor de franchising no país. Contudo, para obter êxito nessa área é preciso sair da zona de conforto e buscar estratégias diferenciadas. Caso contrário: o empreendedor não conseguirá conquistar bons resultados.

Para ajudá-lo a alcançar uma posição privilegiada, colocando o seu negócio em destaque, preparamos um conteúdo especial. Aqui, você entenderá a importância da criatividade para gerir um negócio, além de conhecer — na prática — ações capazes de alavancar a franquia. Continue a leitura e melhore, então, o rendimento da sua unidade.

2. A importância da criatividade para gerir um bom negócio

Ninguém quer que o seu negócio seja apenas mais um dentre tantos outros, certo? Por isso, use e abuse da criatividade para sair do lugar comum. Ser criativo nada mais é do que saber criar e transformar produtos e serviços em soluções realmente atrativas, que despertam o interesse do público e tornem a empresa única. A criatividade é um talento capaz de revolucionar os aspectos organizacionais, permitindo que o negócio seja mais valorizado e se torne essencial para os clientes.

É nesse contexto que surge a importância de buscar constantemente pela inovação, aprimorando não só a gestão empresarial mas a instituição como um todo. Investir em ferramentas tecnológicas, por exemplo, pode ajudar a melhorar os procedimentos internos e até mesmo a produção, o que significa lucrar mais e agilizar os procedimentos. Inovar é buscar uma forma diferente de realizar as mais variadas tarefas — desde as mais simples até as mais complexas —, tendo como meta a excelência e, claro, a redução de custos.

Para alcançar esse patamar, o gestor precisa conhecer bem os processos e práticas empresarias. Em outras palavras, ele deve vivenciar a rotina da franquia, detectando os pontos fortes e fracos — tantos dos procedimentos quantos dos colaboradores. Somente assim será possível elaborar planos que vão maximizar os resultados e aperfeiçoar a experiência do cliente. Afinal, com tanta concorrência, é essencial pensar em ações que satisfaçam o público, mostrando que o estabelecimentos reconhece e valoriza a parceria firmada no decorrer do anos.

Está em dúvida de como inovar a sua franquia? Então, para começar, responda a questão: como posso realizar melhor determinada atividade? É fundamental também pensar no seguinte questionamento: quais ações eu ainda não tentei e que podem surtir um efeito surpreendente? Elaborar uma resposta que atenda tais questões s é o primeiro passo para conseguir colocar em prática ideias diferentes, que vão abrir novas portas e negócios.

3. Como ser um gestor criativo?

Ser criativo não é um dom. Assim como uma pedra bruta lapidada se transforma em uma joia rara,o profissional pode desenvolver habilidades e aptidões diferenciadas, tornando-se um gestor competente e inovador.

Interessou-se pelo assunto e quer conhecer algumas ações que vão ajudar você a ter uma postura mais criativa, alavancando a franquia? Veja as nossas dicas:

Aposte na comunicação

A comunicação faz toda a diferença. Empresários que apostam em um diálogo claro, direto e cordial, por exemplo, conseguem solucionar com mais facilidade as demandas e problemas internos. Em contrapartida, aqueles que se portam com autoridade e não sabem escutar a opinião alheia, normalmente, têm dificuldade de manter a equipe unida, tornando a rotina organizacional mais complicado.

Por isso, priorize um diálogo amigável, levando sempre em consideração os feedbacks do seu time. Lembre-se de que ninguém melhor do que eles para apresentar soluções práticas e efetivas, capazes de otimizar os processos e melhorar o sistema. Afinal, são eles que estão presente em todas as etapas da organização. Pode apostar: eles devem ter ideias geniais que vão colaborar com o funcionamento do empreendimento.

Seja entusiasmado

Não são raros os casos de gestores que se deixam abater com as dificuldades do dia a dia. A partir de então, eles administram o negócio sem nenhuma motivação. Aliás, ser um empreendedor para tais profissionais torna-se uma espécie de martírio. Cada dia é considerado um fardo. Como se pode imaginar, esse gestor não conseguirá se manter por muito tempo na função, uma vez que ele não tem a devida garra e nem entusiasmo para lidar com os obstáculos rotineiro. Existe grande chance, nesse sentido, da empresa ir à falência.

O cenário muda quando o administrador é entusiasmado. Ele sabe que o sucesso não é uma questão de se, mas sim de quando. Ele tem plena ciência de que a prosperidade de um negócio está diretamente ligado a dedicação e força de vontade do gestor. Não à toa, ele elabora com frequência atividades diversificadas para atrair e fidelizar o público. Assim, ele conseguirá colher bons frutos.

Aprenda com os erros

Errar é humano: sem sombra de dúvidas essa é uma máxima no mundo dos negócios. Inevitavelmente acontecerão falhas durante o percurso. O importante aqui é saber como driblá-las, não deixando se abater. O gestor deve considerar cada erro como uma fonte de aprendizado. Seja resiliente e supere todos os desafios que surgirem durante a sua trajetória.

Além do mais, não se culpe quando algo sair fora do planejado — até por que imprevistos podem acontecer a qualquer momento. Para não ser pego de surpresa, sempre tenha um plano B. Para isso, é preciso pensar nos cenários possíveis, incluindo aqueles mais improváveis, criando uma solução para cada um deles.

Tenha proatividade

Agir é a palavra chave para quem atua no mundo dos negócios. Não espere que a sua franquia decole com um estalar de dados. Para conseguir se destacar, é preciso ter iniciativa e oferecer aos clientes algo inusitado e novo.

Por que você não conseguiu finalizar a venda? Será que passou algo despercebido? Tenha proatividade para descobrir essas questões e tomar as devidas atitudes para reverter a situação a seu favor. Realizar pesquisas internas com os clientes — seja por meio de formulários virtuais, seja presencialmente — é apenas uma das estratégias para aprimorar o negócio, efetivando assim mais negócios.

Retenha talentos

O capital humano é parte vital de uma organização. Ele está correlacionado ao sucesso ou fracasso da instituição. Não à toa, o gestor criativo tem que criar formas de capacitar o seu time, além de elaborar alternativas que retenham os talentos. É imprescindível também oferecer um ambiente harmonioso para que o quadro de efetivos se sinta bem. Não se esqueça ainda de proporcionar os equipamentos necessários para que os colaboradores exercem com excelência o serviço.

Além do mais, incentive constantemente os colaboradores, tornando-os em uma equipe engajada e que veste, de fato, a camisa da organização. Lembre-se de que reconhecer a importância de cada membro para o sucesso da organização é uma excelente forma de motivá-los. Fale que sem eles a empresa não teria chegando tão longe e que cada um é responsável por toda vitória conquistada ao longo dos anos.

Tão essencial quanto esse aspecto, é desenvolver laços reais e sinceros entre os membros da equipe e o alto escalão administrativo, fazendo com que eles se sintam parte integrante e essencial.

[cta id=’3429′]

4. O que devo fazer para ser criativo na minha franquia?

Não é novidade que as franquias possuem diretrizes próprias que devem ser cumpridas à risca. Mas isso não significa que o empreendedor não tem o direito de inovador. O ideal é manter as regras estipuladas — até porque o sistema já foi testado e aprovado — mesclando com propostas inovadoras, obtendo antes, é claro, a devia aprovação do franqueador

Assim como em qualquer área, a criatividade se faz necessário para ter uma franquia lucrativa e promissora. Conheça, então, algumas práticas que vão turbinar o negócio.

Verifique a viabilidade da ideia

Antes de tentar executar qualquer projeto, é essencial analisar a viabilidade de implementação. Uma ideia pode parecer formidável em um primeiro momento, contudo ter um plano de execução impraticável. Logo, todo o tempo e esforço dedicado ao projeto foi em vão. Por isso, antes de tentar tirar um plano do papel, certifique-se de que ele é possível e realizável. Caso contrário: você corre o risco de desperdiçar recursos.

Busque pelo aprendizado

O mundo está em constante evolução e os profissionais que não buscam se atualizar com frequência ficam ultrapassados. Nesse sentido, busque aprimorar os seus saberes. Como já dizia o ditado popular, “conhecimento nunca é demais”.

Não pense duas vezes para realizar cursos profissionalizantes, assistir palestras do setor de franchising e participar de encontros. Tais eventos, além de aumentar sua bagagem profissional, são ideais para ampliar o networking, fator que vai abrir novas oportunidades.

Construa um plano de metas

Pode parecer irrelevante, mas fato é que a elaboração de um plano de metas faz parte da rotina de uma administração criativa. Traçar objetivos tem um poder impressionante, principalmente no que diz respeito à motivação do time. Metas conseguem melhorar substancialmente o desempenho dos colaboradores, o que contribui com o rendimento da empresa.

As metas são inspiradoras e fazem com que a equipe caminhe em direção a um propósito comum: o desenvolvimento do negócio. Vale ressaltar, todavia, que elas devem ser reais e alcançáveis, pois se não o efeito pode ser contrário ao esperado. No mais, lembre-se de propor recompensas realmente vantajosas e que atendam as expectativas dos colaboradores. Remuneração extra, viagens e cursos são apenas algumas das opções para gradar os colaboradores e torná-los mais produtivos. Para não ter nenhum equívoco, converse diretamente com o time e veja o que eles preferem como bonificação.

Tenha controle

Claro que o empresário deve delegar certas funções, mas ele não pode deixar toda a empresa sob o controle dos colaboradores. Ele deve acompanhar o cotidiano operacional, estando presente para auxiliar nas tarefas e esclarecer dúvidas.

Em outras palavras, ele precisa ter pleno controle do que acontece internamente. As ferramentas tecnológicas, nesse contexto, são excelentes aliadas. Existem softwares, por exemplo, que apresentam relatórios completos, mostrando desde o faturamento até o desempenho de cada colaborador. Com eles, você conseguirá ter uma noção mais clara sobre o negócio, encontrando soluções para possíveis gargalos operacionais.

5. Conclusão

Fato é que de nada adianta a franquia ter uma infraestrutura diferenciada com uma equipe treinada e preços atrativos, contudo pecar na administração, deixando de lado a criatividade e inovação. Não se esqueça que o que diferencia você das demais marcas é o posicionamento da sua franquia no mercado e, claro, a percepção que o cliente tem sobre a empresa.

Nesse quadro, é essencial buscar meios que tornem a experiência do cliente inigualável. Ele deve se sentir único e especial. A empresa precisa mostrar que se preocupa com o bem-estar dele e que reconhece a importância da parceria firmada no decorrer dos anos.

No mais, também dê a devida atenção a vida financeira da organização, já que uma pequena falha pode ser o suficiente para gerar um quadro caótico. Use a inovação ao seu favor e torne o controle — tanto do caixa quanto de estoque — muito mais simples e efetivo.

E quando surgir um certo desânimo ou vontade de desistir, lembre-se de que cada obstáculo foi responsável por deixá-lo mais forte e que no futuro você terá uma recompensa gratificante. Ao fazer uma retrospectiva, você perceberá então que cada percalço contribui com o seu desenvolvimento pessoal e profissional e fez com que você alcançasse voos mais altos.

Então, não pense duas vezes para investir em uma franquia. Mas atenção: antes de apostar nesse mercado, conheça bem as particularidades do segmento e opte por uma franquia que seja compatível com as suas características e habilidades. Isto é: escolha um negócio com o qual você tenha familiaridade. Como já alertou a sabedoria popular, “trabalhe com aquilo que gosta e não terá que trabalhar um dia sequer na vida”.

9. Sobre a Casa do Construtor

Casa do Construtor é a maior rede de aluguel de equipamentos de pequeno porte da América Latina. Oferecemos aos nossos clientes soluções para o dia a dia de maneira que todas as necessidades sejam satisfeitas.

Somos uma marca consolidada que traz inovação no seu conceito de negócio. Através de proposta de valor que passa pela “Locação Garantida”, buscamos proporcionar aos clientes soluções em máquinas e equipamentos nos mercados de construção civil, limpeza e jardinagem.

Você também pode gostar

Recomendados para você

comitês temáticos em franquias
Franquia de Sucesso Comitês temáticas em franquias: entenda como funcionam

Uma das melhores formas de manter uma boa relação no franchising é por meio valorização dos franqueados, pois permite melhorar a comunicação dentro do sistema de franquias. Por isso, estruturas como os comitês temáticos conseguem fazer toda a diferença nesse aspecto. A esse respeito, vale ressaltar que em qualquer relação deve existir uma comunicação saudável […]

Construlino

franquias para investir no Brasil
Franquia de Sucesso Como escolher boas franquias para empreender? Entenda aqui

Muitos brasileiros têm visto o investimento em um negócio próprio como uma boa alternativa para obter estabilidade financeira e, ao mesmo tempo, garantir uma profissão com maior autonomia. Além do mais, ao seguir esse caminho é possível desenvolver serviços em uma área que tenha a ver com seu perfil e qualificação, o que é essencial […]

Construlino

franquia ou negócio próprio
Franquia de Sucesso Franquia ou Negócio Próprio: qual é a melhor opção para investir?

Administrar um empreendimento nunca foi uma tarefa fácil. Em virtude da busca por resultados positivos e a competitividade do mercado, é preciso tomar atitudes corretas e baseadas em informações concretas. Mas, no caminho rumo ao sucesso, muitas dúvidas podem surgir. Uma delas é: trabalhar com uma franquia ou negócio próprio? Em ambos os casos, existem […]

Construlino