Franquias e transferência de know-how: entenda a relação

Por Construlino - 10 de fevereiro de 2020

O mercado de empreendedorismo é visto por muitos brasileiros como uma boa alternativa para adquirir estabilidade financeira, bem como maior autonomia para gerenciar e investir em seu negócio. A esse respeito, a cada dia o número de empresários cresce no país e evidencia a relevância dessa opção para o desenvolvimento econômico nacional. No entanto, muitas dessas empresas que iniciam suas atividades no mercado acabam não conseguindo manter-se e há uma falência precoce do projeto.

Isso ocorre porque, além da inexperiência de muitos empreendedores de como administrar suas operações, há maior dificuldade em dar início a um negócio próprio do zero, pois nessa etapa as dificuldades podem ser desafiadoras. Um dos motivos é o fato de a marca ainda não ter um valor consolidado, o que dificulta a ascensão da empresa. Por isso, uma das formas vistas com bons olhos pelos investidores iniciais é o sistema de franquias.

Esse modelo de negócio permite que o franqueado trabalhe com uma marca já consolidada, e há também a transferência de know-how com todas as experiências e estratégias da empresa matriz. Caso você ainda não tenha noção sobre o que consiste esse assunto, preparamos este artigo contendo as principais informações sobre a questão. Então, continue a leitura e fique por dentro de tudo!

O que é know-how?

A expressão know-how se refere a um conceito em inglês que em sua tradução significa “saber como”. No entanto, sua abrangência é bem maior, pois diz respeito a um conhecimento alcançado com estratégias e experiências acumuladas ao longo do tempo, como erros e acertos que produzem uma vantagem competitiva. Desse modo, no mundo das franquias, o termo pode abordar diversas situações em uma parceria entre franqueadores e franqueados.

Nessa relação a franqueadora necessita desenvolver um conhecimento estratégico e específico do negócio para transmitir ao franqueado, ou seja, o investidor que está iniciando suas atividades junto à marca. Nesse contexto, uma das vantagens maiores do franqueado é receber boas experiências e planos consolidados do franqueador, o que podemos identificar como transferência de know-how. A depender do ramo da franqueadora, o suporte fornecido pode apresentar algumas especificidades.

Entretanto, há vários procedimentos que são bastante comuns ao instituir essa parceria. Como exemplo, podemos citar o fornecimento de técnicas de operação de determinados processos, conhecimento de marketing, estratégias de vendas, modos de abordagem e atendimento ao cliente, treinamentos em qualificações específicas do ramo etc.

Todos esses pontos visam capacitar o franqueado iniciante para conseguir desenvolver as atividades do negócio, elevar sua lucratividade e, desse modo, obter sucesso com o empreendimento. Logo, o know-how de franquias é uma boa forma de facilitar o caminho dos gestores e minimizar as chances de falência precoce do negócio.

Qual a importância da transferência de know-how?

Antes de mais nada, vale ressaltar que para um negócio ganhar “corpo” e tornar-se estável no mercado é imprescindível atingir alguns pontos, como divulgação e promoção da marca, atração do público consumidor, formação de clientela, controle e gestão do fluxo de entrada e saída do setor financeiro, adaptação às exigências e necessidades do mercado, qualificação específica para operação em uma determinada área etc.

Por conta dessas e de outras atribuições exigidas ao iniciar um empreendimento, a opção de investir em um negócio do zero torna-se mais insegura. Com isso, o investimento em franquias ganha importância por contar com vários meios facilitadores para o franqueado concedidas pelos processos referentes ao know-how.

Essa estratégia contribui significativamente para reduzir ao máximo os riscos para o capital de investimento desses empreendedores, além de otimizar os trabalhos de desenvolvimento da empresa. Em razão de todos esses benefícios, muitos empresários desistem de investir em um projeto novo e autônomo para entrar em uma rede de franquias que desenvolva serviços próximos aos seus e que já tenha uma tradição e histórico de sucesso no mercado.

Como realizar da melhor forma a transferência de know-how?

Para realizar uma boa transferência de know-how é necessário cumprir alguns pontos. Veja agora como pode ser feito esse processo!

Treinamentos

Um dos pontos importantes em uma transferência de know-how é o treinamento da equipe de franqueados. Esse suporte geralmente abrange áreas como gestão financeira, processos administrativos, metodologia específica do negócio, procedimentos operacionais etc. Essa etapa é necessária para direcionar o franqueado na fase inicial a seguir o caminho certo e otimizar esforços.

Manuais

Há também os manuais, que podem ser escritos (no formato de apostilas em forma física ou digital), em formato de vídeo, áudio e outros modos de comunicação que sejam eficientes para a transferência de know-how. Para que esses materiais cumpram sua função, deve-se investir em conteúdos que abordem todos os assuntos relevantes e estratégicos para o negócio. Neles, podem ser detalhados assuntos, como dicas operacionais, de gerenciamento da loja, de propagandas e marketing etc.

Consultorias em campo

Visando assegurar que todas as unidades estejam operando de maneira satisfatória, a franqueadora pode promover uma consultoria de campo. Com isso, haverá um profissional que será responsável por checar se os processos estão sendo executados de forma correta. Além disso, consegue-se identificar possíveis problemas de operação e comercialização de produtos, propondo soluções que sejam viáveis para a organização.

Reuniões periódicas

Realizar reuniões periódicas também é uma medida válida para transferir conhecimento aos franqueados. Isso porque com essa estratégia é possível estimular o aprendizado, além da troca de experiências entre os empreendedores. Além do mais, é uma boa forma de disponibilizar um espaço para o compartilhamento de projetos de sucesso e de intercâmbio de ideias.

Mentorias

A mentoria tem como objetivo ajudar a alcançar objetivos, de modo a aprimorar as atividades do negócio, pois essa estratégia visa auxiliar o franqueado a encontrar uma direção mais promissora. Com isso, pode-se perceber que o principal alvo das mentorias é o progresso e o desenvolvimento pessoal e profissional do mentorado.

Portanto, essas foram as principais informações sobre a transferência de know-how em franquias. Vale ressaltar que, para o empreendedor que deseja investir nesse ramo de franquias é interessante buscar conhecer o suporte que é disponibilizado pela franqueadora. Há no mercado várias marcas que disponibilizam um know-how completo, como é o caso da Casa do Consultor, que fornece suporte na implementação das lojas, manuais de sistemas, conselho de franquia, treinamento e formação de novos times de loja, dentre outras vantagens.

Gostou do artigo? Então, confira também nosso post sobre as 7 melhores práticas de planejamento anual para seu negócio!

Você também pode gostar

Recomendados para você

comitês temáticos em franquias
Franquia de Sucesso Comitês temáticas em franquias: entenda como funcionam

Uma das melhores formas de manter uma boa relação no franchising é por meio valorização dos franqueados, pois permite melhorar a comunicação dentro do sistema de franquias. Por isso, estruturas como os comitês temáticos conseguem fazer toda a diferença nesse aspecto. A esse respeito, vale ressaltar que em qualquer relação deve existir uma comunicação saudável […]

Construlino

franquias para investir no Brasil
Franquia de Sucesso Como escolher boas franquias para empreender? Entenda aqui

Muitos brasileiros têm visto o investimento em um negócio próprio como uma boa alternativa para obter estabilidade financeira e, ao mesmo tempo, garantir uma profissão com maior autonomia. Além do mais, ao seguir esse caminho é possível desenvolver serviços em uma área que tenha a ver com seu perfil e qualificação, o que é essencial […]

Construlino

franquia ou negócio próprio
Franquia de Sucesso Franquia ou Negócio Próprio: qual é a melhor opção para investir?

Administrar um empreendimento nunca foi uma tarefa fácil. Em virtude da busca por resultados positivos e a competitividade do mercado, é preciso tomar atitudes corretas e baseadas em informações concretas. Mas, no caminho rumo ao sucesso, muitas dúvidas podem surgir. Uma delas é: trabalhar com uma franquia ou negócio próprio? Em ambos os casos, existem […]

Construlino