Conheça os principais riscos de empreender e como superá-los

Por Construlino - 6 de junho de 2019

No meio empresarial, a probabilidade de fracassar em determinado ramo de negócio é o principal medo de qualquer investidor. Diante da dificuldade em controlar todas as variáveis, os riscos de empreender estão sempre presentes e alguns deles são responsáveis diretos pela falência de empresas logo em seus primeiros anos de existência.

Por outro lado, os desafios que fazem parte da rotina de um empreendimento são estímulos para quem deseja assumir riscos em função da possibilidade de alcançar sucesso e estabilidade financeira.

Neste post reunimos os principais riscos envolvidos ao abrir um negócio próprio. Continue a leitura e tire suas dúvidas sobre o assunto.

riscos-de-empreender

Quais os principais riscos de empreender?

Quem deseja empreender já deve imaginar que os riscos estão sempre presentes no mundo empresarial. Embora alguns deles sejam determinantes para o sucesso, ignorá-los pode ser fatal para a saúde do negócio. Confira, a seguir, os principais erros cometidos e descubra como evitá-los.

Não ter perfil empreendedor

O sucesso de uma organização passa pela capacidade de seus gestores, incluindo suas habilidades e seus conhecimentos específicos. Em muitos casos, grande parte dos empreendedores aplica seus recursos antes mesmo de identificar o seu perfil empreendedor. É fundamental ter um olhar crítico, analisar os processos em outros estabelecimentos e construir um planejamento eficiente para minimizar dificuldades.

Vale destacar também que um perfil empreendedor de sucesso depende das competências gerenciais, especialmente em relação às finanças, análise de mercado e relacionamento com clientes e fornecedores. A gestão de pessoas é uma característica indispensável para reduzir os riscos de empreender, já que será preciso delegar funções, treinar e motivar os colaboradores a atingirem os objetivos traçados.

Não escolher bem os sócios

Por mais preparado e qualificado que o empreendedor se sinta, ter controle sobre todos os departamentos de uma grande empresa pode ser muito arriscado. Assim, é cada vez mais comum a inclusão de sócios na abertura de negócios. Seja para alcançar um capital maior, seja para ter apoio técnico na gestão, a escolha dos sócios é determinante para o sucesso de um empreendimento e, por isso, alguns cuidados devem ser tomados.

Procure pessoas cujo perfil agregue valor e conhecimento às suas habilidades, ou seja, uma escolha adequada está relacionada à capacidade de oferecer ações em prol do crescimento da empresa. Portanto, ainda que seja natural buscar pessoas mais próximas, o primeiro passo é identificar as características de cada um — e como podem ser úteis —, independentemente de serem amigos ou parentes.

Não estudar o modelo de negócio

Definir um modelo de negócios bem estruturado é uma excelente forma de minimizar os riscos de empreender, já que a partir de um estudo prévio é possível analisar a concorrência, conhecer o público e avaliar o potencial de crescimento. A partir dessa avaliação, fica mais fazer estabelecer um planejamento de modo a potencializar os resultados por meio de ações específicas.

O mercado brasileiro oferece uma diversidade de segmentos e, aliado a isso, as tendências acabam seduzindo os empreendedores. Para evitar o fracasso eminente é preciso conhecimento, cautela e muita dedicação, coletando informações e colocando-as em ação.

Por que a franquia é opção a ser considerada?

O franchising é uma ótima opção de investimento, pois se trata de um modelo de negócios que consiste na reprodução daquilo que já deu certo e funciona em outras localidades. Ao optar por essa estratégia, é possível estabelecer uma marca, serviço ou produto sem os riscos envolvidos nos demais tipos de empreendimentos.

Esse tipo de associação implica um risco menor para o empreendedor e a rede franqueadora oferece suporte para implantação e gestão do seu negócio. De qualquer forma, é interessante citar que o mercado é estável mesmo em cenários de crise econômica, já que fatura bilhões anualmente e apresenta grandes expectativas de crescimento.

É vital para qualquer negócio que as ações sejam direcionadas a partir da observação do mercado bem como do estudo de concorrentes e da oferta de diferenciais competitivos. Além disso, é fundamental que os empreendedores estejam preparados e conscientes das consequências que os riscos de empreender podem gerar.

Gostou do nosso conteúdo? Aproveite para curtir nossa página no Facebook e confira mais informações sobre o mercado de franquias!

Você também pode gostar

Recomendados para você

comitês temáticos em franquias
Franquia de Sucesso Comitês temáticas em franquias: entenda como funcionam

Uma das melhores formas de manter uma boa relação no franchising é por meio valorização dos franqueados, pois permite melhorar a comunicação dentro do sistema de franquias. Por isso, estruturas como os comitês temáticos conseguem fazer toda a diferença nesse aspecto. A esse respeito, vale ressaltar que em qualquer relação deve existir uma comunicação saudável […]

Construlino

franquias para investir no Brasil
Franquia de Sucesso Como escolher boas franquias para empreender? Entenda aqui

Muitos brasileiros têm visto o investimento em um negócio próprio como uma boa alternativa para obter estabilidade financeira e, ao mesmo tempo, garantir uma profissão com maior autonomia. Além do mais, ao seguir esse caminho é possível desenvolver serviços em uma área que tenha a ver com seu perfil e qualificação, o que é essencial […]

Construlino

franquia ou negócio próprio
Franquia de Sucesso Franquia ou Negócio Próprio: qual é a melhor opção para investir?

Administrar um empreendimento nunca foi uma tarefa fácil. Em virtude da busca por resultados positivos e a competitividade do mercado, é preciso tomar atitudes corretas e baseadas em informações concretas. Mas, no caminho rumo ao sucesso, muitas dúvidas podem surgir. Uma delas é: trabalhar com uma franquia ou negócio próprio? Em ambos os casos, existem […]

Construlino