Conheça os 4 pilares da gestão eficiente de canteiro de obras

Por Construlino - 28 de agosto de 2017

Gerir um canteiro de obras não é tarefa das mais simples. Afinal, para que um empreendimento saia exatamente como foi planejado no papel, é preciso que todas as atividades sejam desenvolvidas também conforme o esperado. E a construção civil possui uma série de variáveis que precisam ser acompanhadas de perto. 

Controle de entrada e saída de materiais, gestão de pessoas, controle de custos e de prazo de execução e entrega para os clientes. Esses são apenas alguns dos aspectos que estão sob responsabilidade do gestor e que fazem toda a diferença na qualidade do produto entregue. 

No texto de hoje vamos mostrar quais são os 4 pilares para que você possa fazer uma gestão de canteiro de obras eficiente. Boa leitura!

1. Mantenha a organização no canteiro

Faça uma experiência: deixe de arrumar o seu ambiente de trabalho durante uma semana e veja o que acontece. Certamente, o acúmulo de papeis e materiais (e até mesmo de lixo), além da desorganização dos objetos vão causar perda na sua produtividade, aumento da procrastinação, dentre outros problemas. 

Imagine isso levado para o canteiro de obras. Materiais de construção espalhados por todo o espaço, entulhos acumulados, falta de sinalização, aumento do risco de acidentes, enfim, esses são alguns dos grandes problemas que um canteiro de obras desorganizado pode causar. Por outro lado, ao se manter um canteiro arrumado, são obtidas vantagens como o aumento da produtividade, da segurança e até mesmo a redução de custos.   

2. Estimule um ambiente de trabalho seguro

De acordo com o Ministério do Trabalho, o setor da construção civil é um dos que apresenta maior taxa de mortalidade causada por acidentes de trabalho. Em 2013, foram registrados 13,5 óbitos para cada grupo de 100 mil trabalhadores. Esses números são justificados pelos diversos riscos existentes em um canteiro de obras, como o de queda de altura, risco de choques elétricos, cortes com materiais perfurantes, dentre outros.

Além do óbito, que é consequência extrema desse risco, manter um ambiente inseguro aumenta as chances de acidentes de trabalho que, de um lado, podem provocar lesões nos trabalhadores, e, de outro, uma série de problemas judiciais para a empresa — o que, claro, interfere na gestão. Seguir as regras e adotar boas práticas minimizam esses riscos. 

3. Monte um cronograma de obra

Outro pilar de uma gestão de canteiro de obras eficiente é o planejamento da construção do empreendimento como um todo. Uma das etapas mais importantes desse processo é a elaboração do cronograma de obras

Ao listar todas as tarefas que devem ser executadas, estimar a duração de cada atividade e até mesmo a estimativa do custo para cada serviço, seja com material, seja com mão-de-obra, o gestor tem maior controle sobre todo o andamento da obra. Dessa forma, as chances de reduzir os custos e prazos da execução do serviço são maiores. 

4. Conte com a tecnologia na gestão de canteiro de obras

Deixamos para o fim o pilar que mais tem ajudado os engenheiros a realizarem uma boa gestão de canteiro de obras: a tecnologia. Ao longo dos últimos anos, as tarefas sob responsabilidade do gestor não mudaram muito — lidar com a equipe, controlar o estoque e a compra de materiais, definir fornecedores, coordenar o transporte e a logística, entre outros.

No entanto, é praticamente impossível lidar com todas essas tarefas ao mesmo tempo. Com auxílio da tecnologia, como softwares de gestão, as tarefas são otimizadas e o gestor consegue identificar mais facilmente onde estão os erros no desenvolvimento da obra e como eles podem ser sanados mais rapidamente.  

Assim, a redução de custos, o aumento da produtividade e da segurança, além da melhoria da comunicação são algumas das vantagens do uso da tecnologia no canteiro de obras. 

Bom, certamente, ao seguir essas dicas a gestão de canteiro de obras será mais eficiente. Se este conteúdo foi relevante para você ou se algumas dessas práticas já são adotadas pela sua empresa, compartilhe esse artigo e marque seus amigos nas suas redes sociais. Até a próxima!

 

Você também pode gostar

Recomendados para você

Locação de Equipamentos Rachadura na parede: como resolver o problema?

Rachadura na parede é um problema comum em construções mais antigas e, não tão raro, em obras mais novas. E como podemos identificar a gravidade do problema assim que a rachadura aparece? São vários os fatores que podem causar uma rachadura na parede, por isso é sempre bom entender a causa para saber se o […]

Construlino

Obra e Construção Descubra agora como colocar forro de gesso do jeito certo

O teto em gesso tem sido a alternativa mais utilizada por profissionais de obra. Isso porque, além de ser mais prático e econômico, demanda menos tempo para a instalação e apresenta um acabamento satisfatório. A durabilidade também tende a ser maior quando comparada à de outros tipos de revestimento, pois basta saber escolher a tinta […]

Construlino

Obra e Construção Entenda quais são os tipos de pregos e como escolhê-los

Nos dias atuais, o mercado voltado à construção civil apresenta várias novidades tecnológicas e metodologias de trabalho que visam elevar o nível de qualidade e eficiência das operações de construção. Mesmo assim, há componentes que não perdem sua empregabilidade nas funções dessa área de atuação. Um deles são os pregos, que ainda possuem grande utilidade […]

Construlino