Conheça a importância de um projeto arquitetônico residencial!

Por Construlino - 16 de dezembro de 2019

A mudança nas percepções sociais aliadas aos tempos modernos, tecnologia e inovação vem modificando os conceitos do projeto arquitetônico residencial. Ainda, é possível observar uma transformação radical na formação desses profissionais — especialmente se comparados a meados dos anos 90 —, bem como nos aspectos valorizados em uma construção, por exemplo.

projeto arquitetônico residencial

Nesse contexto, compreender o conceito, suas etapas e benefícios é fundamental para extrair o máximo em sua próxima obra. Ficou interessado no assunto? Então, continue a leitura e tire todas as suas dúvidas sobre ele.

O que é um projeto arquitetônico residencial?

Em linhas gerais, pode-se dizer que o projeto arquitetônico é a representação da concepção de espaços, ideias e projetos. Ou seja, por meio dele é possível entender as necessidades de determinado indivíduo, prever falhas na execução das tarefas inerentes a esse processo e certificar-se de que as edificações saiam conforme previsto.

A importância desse tipo de atividade passa diretamente pela estruturação de um planejamento profissional e eficiente. Afinal, toda obra de reforma ou construção precisa, obrigatoriamente, de um projeto de execução, bem como a quantidade de materiais necessários etc. Sendo assim, o projeto arquitetônico é indispensável para que todos os profissionais envolvidos compreendam com clareza cada característica das tarefas.

Quais as etapas de um projeto arquitetônico residencial?

A divisão em etapas em um projeto de arquitetura é um cuidado muito importante, afinal, permite um melhor planejamento de todos os aspectos envolvidos nesse processo. Confira, a seguir, quais os passos principais.

Compreensão da necessidade do cliente

Antes de tudo, é preciso identificar e reconhecer quais são os problemas, necessidades e desejos dos clientes em relação à sua obra. Nesse momento, é hora de descrever o máximo de informações possíveis, como prazos, referências, itens obrigatórios e o que mais for necessário para superar as expectativas do projeto.

Estudos preliminares

Em seguida, é o momento de colocar em prática os conceitos que serão adotados no projeto em função das necessidades percebidas na etapa anterior. Em outras palavras, é a fase adequada para esboçar em desenhos e croquis a materialização da ideia. Ainda, vale destacar que os documentos do imóvel já devem estar legalizados e as características do imóvel, devidamente discriminadas.

Projeto legal

Por fim, os pontos legais do projeto devem estar em dia. Ou seja, o projeto deve ser aprovado junto à Prefeitura que, por sua vez, pode ou não aprovar a construção de acordo com suas próprias regras. Entretanto, o projeto para aprovação deve conter as informações explicativas da obra, bem como todo o estudo preliminar realizado.

Quais os benefícios de um projeto arquitetônico?

Como já destacamos, os benefícios desse tipo de atividade são inúmeros. Entretanto, aspectos como a segurança, conforto, estética e custo da obra se destacam entre os demais. Saiba mais sobre cada um deles.

Segurança

Ao contratar um arquiteto para projetar todas as fases da obra, o proprietário tem mais tranquilidade e garantia sobre seu empreendimento. É dele a responsabilidade por todo o projeto, sendo inclusive parte de suas atribuições dirimir qualquer dúvida e propor soluções para qualquer problema que surgir no decorrer das obras.

Estética e Conforto

A beleza visual é uma das características mais importantes em uma construção, tanto na parte externa como interna. A boa composição dos ambientes contribui para a valorização do imóvel, além de promover mais conforto para aqueles que frequentam a casa.

Custo

Ao contrário do que muitos pensam, um bom projeto de arquitetura não aumenta o custo de uma obra. Na verdade, a otimização de recursos e a redução de custos é um dos pontos levados em consideração na hora de projetar uma reforma ou construção. Dessa forma, contar com esse profissional poderá ser útil quando definir estratégias orçamentárias de baixo custo sem comprometer o resultado final.

Concluindo, elaborar um projeto arquitetônico residencial pode gerar mais tranquilidade e segurança por deixar tudo nas mãos de um profissional qualificado. Por outro lado, é sinônimo de economia, já que é possível eliminar gastos necessários e prever orçamentos.

E então, o que achou das dicas que trouxemos neste post? Ficou alguma dúvida? Então, use a caixa de comentários logo abaixo para continuarmos essa conversa. Até logo!

Você também pode gostar

Recomendados para você

Obra e Construção 4 exemplos de pequenos reparos para fazer durante a quarentena

Com a pandemia causada pelo Coronavírus que assola o Brasil e o mundo, a população se viu orientada a praticar o isolamento social na tentativa de frear a disseminação do vírus. Por conta disso, quem precisa realizar pequenos reparos em casa se viu em uma situação difícil, já que, no momento, não é possível contar […]

Construlino

rachadura na parede
Obra e Construção Rachadura na parede: quais as causas e como consertá-la?

A rachadura na parede é um problema bastante comum em obras mais antigas, mas que vez ou outra também aparece em construções mais novas. As causas para o aparecimento repentino dessas falhas na estrutura podem estar relacionadas ao excesso de peso sobre a laje e à utilização de materiais de baixa qualidade (no caso de […]

Construlino

reboco com gesso
Obra e Construção Reboco com gesso vs. cimento: qual revestimento usar na sua parede?

Atualmente, o segmento de construção civil tem disponibilizado uma diversidade de soluções com o intuito de ajudar quem está construindo ou reformando um imóvel. Diante disso, além do acabamento tradicional feito com argamassa, o mercado tem oferecido outros tipos de revestimentos, como o reboco com gesso, para se aplicar na parede. O revestimento das paredes […]

Construlino