Como escolher boas franquias para empreender? Entenda aqui

Por Construlino - 11 de março de 2020

Muitos brasileiros têm visto o investimento em um negócio próprio como uma boa alternativa para obter estabilidade financeira e, ao mesmo tempo, garantir uma profissão com maior autonomia. Além do mais, ao seguir esse caminho é possível desenvolver serviços em uma área que tenha a ver com seu perfil e qualificação, o que é essencial para tornar o trabalho mais prazeroso e eficiente. No entanto, abrir uma empresa do zero pode demandar grandes desafios que, por vezes, são a causa da falência de empreendimentos no Brasil.

Dificuldades como falta de verba para investir em novos serviços, incerteza sobre o potencial de mercado do segmento escolhido, falta de suporte técnico para realizar a gestão e desenvolvimento do projeto são alguns dos vários problemas sujeitos ao dar início a uma atividade empresarial. Por conta disso, a possibilidade de entrada em uma franquia tem se tornado uma excelente opção, pois permite que o investidor tenha maiores chances de sucesso, já que começará seu negócio com uma marca já consolidada no mercado, o que é essencial para elevar seu potencial de crescimento.

Mesmo assim, é importante saber escolher em qual ramo ingressar. Para ajudar você nessa questão preparamos este artigo dispondo das principais informações sobre como escolher boas franquias para empreender no Brasil. Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

Como está o mercado de franquias no Brasil?

Antes de mais nada, é importante ressaltar como funciona uma rede de franquias. Essa forma de negócio consiste em um acordo entre o franqueador, que é o titular da franquia e dono da marca, como o franqueado ao qual é concedida a permissão para usar o nome da empresa, além de contar com várias vantagens, como suporte técnico e treinamento corporativo para que os associados possam desenvolver a atividade mais rapidamente. Nesse contrato, são estabelecidos direitos e deveres para ambas as partes, o que permite a sustentabilidade do negócio.

No Brasil, esse ramo já é bastante desenvolvido e dispõe de apoio legal. Por meio da Lei de Franquias há maior auxílio e benefício ao empreendedor, com o estabelecimento de todas as regulamentações que o franqueador deve repassar aos investidores interessados em abrir uma franquia. A Associação Brasileira do Franchising (ABF) que é a responsável por manter o público informado e fomentar o mercado de franquias nacional, representando as necessidades desse setor junto ao governo.

Podemos dizer que o Brasil está entre os países com melhor adaptação desse ramo no mercado. Isso se explica pela grande quantidade de empreendimentos com franquias, garantindo que os investidores tenham maiores opções para escolher ao decidir optar por esse segmento de negócio. Segundo a ABF, já em 2018 havia mais de 153 mil de unidades em funcionamento no país, sendo que nos dias atuais esse número é bem maior. Por isso, é perceptível o potencial das franquias é sua relevância como opção de investimento.

O que deve ser considerado para escolher uma boa franquia?

Mesmo sendo uma modalidade de empreendimento que apresenta grandes chances de sucesso no mercado, os investidores devem estudar quais modelos de franquias possuem maior potencial de lucratividade. Para isso, veja agora quais pontos devem ser considerados para escolher uma boa franquia!

Avaliar a situação financeira

Mesmo que você tenha condições de alcançar sucesso com o negócio de franquias dispondo de um investimento que poderá ser até mesmo menor que se optasse por começar um projeto do zero, vale ressaltar que é necessário dispor de um capital mínimo para entrar na rede. Além desse valor base exigido pelo franqueador, também será preciso dispor de recursos para manter a operação até que ela seja rentável.

Quanto a esse ponto, os investidores devem tomar bastante cuidado antes de fechar contrato para não acabar gastando mais do que o planejado. Para isso, é fundamental avaliar todas as condições e necessidades financeiras para tornar-se associado. Assim, você terá ciência das condições de ingresso e poderá concluir se estão dentro da sua capacidade financeira.

Fazer uma análise de lucratividade

Além do estudo acerca do capital inicial previsto para entrar na rede de franquia, realizar uma análise de lucratividade é um ponto de extrema importância. Dessa forma, quando você dispõe de uma quantia para investir é necessário pesquisar em qual situação ela apresentará o melhor retorno.

Normalmente, as empresas franqueadoras disponibilizam dados estimativos sobre o potencial de rentabilidade do negócio, bem como os prazos esperados para o franqueado começar a ter lucros com sua empresa. Tendo essas informações fica mais fácil estudar os negócios e encontrar aquele que seja mais produtivo e rentável para seu investimento.

Avaliar a experiência do franqueador e o suporte oferecido

Por fim, também temos que falar sobre a necessidade de avaliar a experiência do franqueador e o suporte oferecido. Sobre esse ponto, embora ao se tratar de um sistema de franquia pressupõe-se que a franqueadora já tenha reconhecimento no mercado, os investidores devem avaliar com calma o grau de influência desse ramo no mercado, buscando conhecer quais os diferenciais e se a marca realmente domina os serviços ligados ao segmento.

Dentro dessa perspectiva, também é fundamental pesquisar qual o tipo de suporte que será oferecido no contrato, pois esse fator pode ser determinante para identificar uma franquia bem estruturada e que preocupa com a qualidade de serviço dos seus franqueados. Os recursos fornecidos mais comuns são:

  • treinamento corporativo;
  • disponibilização de produtos e serviços da franquia;
  • suporte em gestão empresarial;
  • suporte em marketing;
  • qualificação e desenvolvimento de equipes.

Dessa forma, haverá redes que terão um suporte mais abrangente que outras e isso será essencial para escolher a franquia que oferecerá maiores condições de crescimento e sucesso no mercado.

Portanto, essas foram as principais informações sobre como escolher boas franquias para empreender. Percebe-se que o empreendedor que deseja começar um negócio sem precisar iniciar o projeto do zero, deve estudar a fundo as opções de franquias no mercado e comparar os benefícios e suportes oferecidos por cada uma, a fim de encontrar aquela que seja mais próxima dos seus objetivos e que assegure boas condições de desenvolvimento.

Gostou do artigo? Então, assine nossa newsletter e fique por dentro de todas as atualizações do blog!

Você também pode gostar

Recomendados para você

comitês temáticos em franquias
Franquia de Sucesso Comitês temáticas em franquias: entenda como funcionam

Uma das melhores formas de manter uma boa relação no franchising é por meio valorização dos franqueados, pois permite melhorar a comunicação dentro do sistema de franquias. Por isso, estruturas como os comitês temáticos conseguem fazer toda a diferença nesse aspecto. A esse respeito, vale ressaltar que em qualquer relação deve existir uma comunicação saudável […]

Construlino

franquias para investir no Brasil
Franquia de Sucesso Como escolher boas franquias para empreender? Entenda aqui

Muitos brasileiros têm visto o investimento em um negócio próprio como uma boa alternativa para obter estabilidade financeira e, ao mesmo tempo, garantir uma profissão com maior autonomia. Além do mais, ao seguir esse caminho é possível desenvolver serviços em uma área que tenha a ver com seu perfil e qualificação, o que é essencial […]

Construlino

franquia ou negócio próprio
Franquia de Sucesso Franquia ou Negócio Próprio: qual é a melhor opção para investir?

Administrar um empreendimento nunca foi uma tarefa fácil. Em virtude da busca por resultados positivos e a competitividade do mercado, é preciso tomar atitudes corretas e baseadas em informações concretas. Mas, no caminho rumo ao sucesso, muitas dúvidas podem surgir. Uma delas é: trabalhar com uma franquia ou negócio próprio? Em ambos os casos, existem […]

Construlino