Como colocar broca na furadeira? Veja o Guia!

Por Larissa Silva - 25 de janeiro de 2024

Ao utilizar a furadeira, é essencial dominar suas funções e saber como manuseá-la corretamente. Noções básicas como o acionamento do botão, controle de velocidade e até mesmo como colocar a broca na furadeira corretamente, são essenciais para garantir que o trabalho seja realizado perfeitamente. 

São procedimentos simples, mas importantes para garantir a segurança e precisão da tarefa em questão. 

Mas como colocar a broca na furadeira corretamente?

 

Se você já se deparou com esta dúvida ao estar de frente com uma furadeira, não se preocupe!

Criamos um guia com passo a passo e todas as informações que você precisa para operar a furadeira de maneira eficaz – desde a escolha da broca apropriada até a confirmação de sua fixação segura no mandril da furadeira. 

Compreender e seguir corretamente esses passos proporcionará muito mais conhecimento para uma perfuração precisa e sem complicações.

Vamos nessa?

 

Tipos de brocas e suas aplicações

Primeiramente, precisamos conhecer mais sobre os tipos de brocas disponíveis no mercado e para quais trabalhos elas são mais indicadas. Confira os modelos: 

 

  1. Broca de Aço Rápido (HSS – High-Speed Steel):
     
    Imagem: Bosch

Características: Possui uma ponta afiada para iniciar o furo e gumes cortantes ao longo do corpo.

Aplicações:

  • Ideal para perfuração em metais, plásticos e madeiras.
  • Pode suportar altas velocidades de rotação.
  • Usada em furadeiras elétricas, máquinas CNC e torno.

 

  1. Broca Três Pontas:

    Imagem: Bosch

Características: Possui três pontas cortantes, proporcionando uma perfuração rápida.

Aplicações:

  • Principalmente usada em madeira e materiais macios.
  • Eficiente para perfuração rápida e limpa.
  • Boa para furos de grande diâmetro em madeira.

 

  1. Broca Chata (ou Plana):

    Imagem: Makita

Características: Lâmina larga e plana com uma ponta centrada.

Aplicações:

  • Projetada para perfurar madeira com eficiência.
  • Ideal para fazer furos rasos, alargamentos e chanfros.
  • Útil para trabalhos de carpintaria e marcenaria.
  1. Broca Serra Copo:

    Imagem: Bosch

Características: Formato circular com lâmina dentada ao redor.

Aplicações:

  • Projetada para cortar orifícios de diâmetros maiores.
  • Usada em madeira, gesso, plástico, materiais macios e alvenaria.
  • Ideal para instalações elétricas, hidráulicas e trabalhos de carpintaria.

 

  1. Broca Serpentina (ou Espiral):

    Imagem: Makita

Características: Possui uma ponta em espiral semelhante a uma broca de furadeira padrão, mas sem as lâminas laterais.

Aplicações:

  • Usada para perfuração em materiais macios, como plástico, madeira e gesso.
  • Boa para criar orifícios de grande diâmetro.
  • Pode ser usada para remover material em forma de espiral.

 

Dicas gerais para escolha de brocas:

 

  • Material da broca: escolha com base no tipo de material que você irá perfurar.
  • Cuidados com o calor: não esqueça de resfriar a broca durante o uso em materiais duros para evitar superaquecimento.
  • Velocidade de perfuração: adapte a velocidade da furadeira conforme o tipo de broca e o material para evitar danos à broca e ao material.

Preparação para a troca de broca

Ao se preparar para a troca de broca em uma furadeira, é essencial seguir algumas práticas importantes para garantir a segurança e o uso eficaz da ferramenta. 

Primeiramente, é fundamental usar Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) apropriados para evitar acidentes durante o procedimento.

Antes de colocar a broca, certifique-se de que a ferramenta esteja desconectada da tomada – desconectar a furadeira da fonte de energia é uma etapa importante para evitar acidentes elétricos e garantir a segurança do usuário. 

Isso impede que a ferramenta seja acidentalmente acionada durante a troca de broca, minimizando riscos potenciais.

Abaixo você confere como colocar a broca na furadeira corretamente!

 

Passo a Passo para entender como colocar a broca na furadeira

Saber como colocar a broca na furadeira é simples, mas é importante fazê-lo corretamente para garantir segurança e eficiência durante o uso da ferramenta. 

Para te ajudar nesta etapa, preparamos um passo a passo com cada detalhe:

 

Passo 1: Desligue a furadeira

Antes de começar, assegure-se de que a furadeira esteja desligada e desconectada da fonte de energia para evitar acidentes.

 

Passo 2: Selecione a broca adequada

Escolha uma broca compatível com a tarefa, considerando o tipo de material a ser perfurado e o diâmetro necessário.

 

Passo 3: Verifique o tamanho do mandril

Olhe para o mandril da furadeira e verifique se é grande o suficiente para a broca selecionada.

 

Passo 4: Abra o mandril

Gire o anel de ajuste do mandril no sentido anti-horário para abrir as mandíbulas e criar espaço para a broca.

 

Passo 5: Insira a broca no mandril

Com a furadeira apontando para cima, coloque a broca na abertura do mandril, garantindo que a parte plana da haste (se houver) esteja alinhada com a mandíbula central.

 

Passo 6: Aperte manualmente as mandíbulas

Gire o anel do mandril no sentido horário com a mão para apertar as mandíbulas manualmente contra a broca. Continue girando até sentir resistência.

 

Passo 7: Use a chave de mandril (se necessário)

Se sua furadeira tiver um mandril que requer uma chave, insira a chave no orifício na frente do mandril. Gire a chave no sentido horário para apertar ainda mais as mandíbulas.

 

Passo 8: Verifique a firmeza

Certifique-se de que a broca esteja firme no mandril. Dê um leve puxão para garantir que não haja folga.

 

Passo 9: Feche o mandril

Gire o anel do mandril no sentido horário para fechar completamente as mandíbulas e garantir uma fixação segura da broca.

 

Passo 10: Teste a furadeira

Ligue a furadeira por um breve momento para garantir que a broca esteja centrada e firmemente presa. Se notar desalinhamento, ajuste conforme necessário.

 

Dicas para de como colocar a broca na furadeira de forma correta:

 

  1. Escolha a broca certa:

Certifique-se de que a broca escolhida seja adequada para o tipo de material que você está perfurando.

 

  1. Verifique a compatibilidade do mandril:

Garanta que a haste da broca seja do tamanho correto para o mandril da furadeira.

 

  1. Alinhe a broca adequadamente:

Ao inserir a broca, alinhe-a corretamente com o centro do mandril para evitar desalinhamentos.

 

  1. Use a chave de mandril:

Se sua furadeira tem um mandril que requer uma chave, use-a para apertar ainda mais as mandíbulas. Certifique-se de usar a chave de maneira firme e segura.

 

  1. Verifique a firmeza:

Dê um leve puxão na broca após a fixação para garantir que esteja segura e sem folgas. Se houver movimento, reaperte conforme necessário.

 

  1. Use o sistema de travamento (se disponível):

Algumas furadeiras têm um sistema de travamento que facilita a troca de brocas. Certifique-se de seguir as instruções específicas do modelo.

 

  1. Evite sobrecarregar a furadeira:

Evite aplicar força excessiva durante a perfuração, pois isso pode afrouxar a broca. Deixe a broca cortar no ritmo adequado.

 

  1. Monitore sinais de desgaste:

Substitua brocas desgastadas ou danificadas para garantir uma perfuração eficiente e segura.

 

  1. Desconecte a furadeira ao trocar a broca:

Sempre desligue e desconecte a furadeira da fonte de energia ao trocar a broca para evitar acidentes.

 

  1. Verifique regularmente:

Durante projetos prolongados, verifique periodicamente se a broca permanece firmemente fixada, especialmente ao realizar trabalhos intensivos.

 

  1. Use equipamentos de proteção individual (epis):

Utilize óculos de proteção para proteger os olhos contra possíveis detritos soltos durante a perfuração.

Verificação e Teste Após a Troca da broca

Após trocar a broca na furadeira, é essencial realizar alguns testes para garantir o funcionamento adequado da ferramenta. 

Aqui estão os passos para verificar e testar a furadeira:

 

  1. Inspeção visual:

Antes de ligar a furadeira, faça uma inspeção visual para garantir que a broca esteja corretamente fixada no mandril e que não haja danos visíveis.

 

  1. Confirmação da fixação:

Dê um leve puxão na broca para verificar se está firmemente fixada. Não deve haver movimento perceptível.

 

  1. Verificação do ajuste do mandril:

Certifique-se de que o mandril está completamente fechado e seguro. Se necessário, aperte novamente as mandíbulas manualmente ou com a chave de mandril.

 

  1. Conexão à fonte de energia:

Conecte a furadeira à fonte de energia elétrica ou insira a bateria, dependendo do tipo de furadeira que você está utilizando.

 

  1. Ajuste de velocidade:

Se a furadeira possui ajuste de velocidade, verifique se está configurada para a velocidade adequada ao tipo de broca e material que você usará.

 

  1. Furadeira no modo correto:

Se sua furadeira tiver modos diferentes, como perfuração e parafusamento, certifique-se de que está configurada corretamente para a tarefa em questão.

 

  1. Área de trabalho livre:

Certifique-se de que a área de trabalho está livre de obstáculos e que a peça a ser perfurada está segura.

 

  1. Óculos de proteção:

Use óculos de proteção antes de ligar a furadeira para proteger os olhos contra possíveis detritos.

 

  1. Teste sem carga:

Ligue a furadeira sem estar em contato com o material para verificar se o motor funciona suavemente e se não há ruídos estranhos.

 

  1. Utilize um material de teste:

Escolha um pedaço de material de teste similar ao que você pretende perfurar.

Faça um furo de teste para verificar a eficiência da broca e a capacidade da furadeira.

 

  1. Monitoramento de vibrações e ruídos:

Observe qualquer vibração excessiva ou ruídos incomuns durante o teste. Esses podem ser sinais de problemas.

 

  1. Verificação da profundidade:

Se a furadeira tiver um limitador de profundidade, confirme se está ajustado corretamente para evitar perfurações excessivas.

 

  1. Desligamento e desconexão:

Após o teste bem-sucedido, desligue a furadeira e desconecte-a da fonte de energia ou remova a bateria.

 

  1. Manutenção adequada:

Se necessário, lubrifique as partes móveis da furadeira conforme as recomendações do fabricante.

 

Ao realizar esses passos de verificação e teste, você assegura que a furadeira está em condições adequadas para o trabalho planejado, garantindo a segurança do usuário e a eficiência da ferramenta. 

Para te ajudar neste processo, clique aqui para saber como colocar a broca na furadeira!

 

Cuidados e Manutenção

Tanto a furadeira quanto as brocas exigem cuidados na hora da manutenção. A seguir, vamos conferir alguns passos para realizar este processo:

 

Furadeira

  • Verificação de cabos e plugues:

Regularmente, examine os cabos e plugues quanto a danos. Substitua qualquer fio desgastado ou plugue danificado imediatamente.

 

  • Manutenção da Bateria (para Furadeiras sem Fio):

Se a furadeira for alimentada por bateria, siga as orientações do fabricante para manutenção da bateria, como recarga adequada e armazenamento.

 

  • Verificação das velocidades:

Verifique regularmente os controles de velocidade e assegure-se de que a furadeira está operando nas configurações corretas.

 

  • Substituição de escovas (se aplicável):

Se a furadeira tiver escovas, verifique sua condição e substitua-as quando estiverem desgastadas.

 

  • Evite sobrecarga:

Não force a furadeira a realizar tarefas para as quais não foi projetada. Respeite os limites de capacidade da ferramenta.

 

  • Proteção contra poeira:

Utilize um aspirador de pó ou uma mangueira de extração de poeira para minimizar a entrada de poeira na furadeira, especialmente ao perfurar materiais que geram muita poeira.

 

Brocas:

Afiação Regular:

Afie as brocas quando necessário para garantir um corte eficiente. Use um afiador de brocas ou leve a um profissional.

 

Verificação de desgaste:

Regularmente, inspecione as brocas quanto ao desgaste, quebra ou outros danos. Substitua as brocas danificadas imediatamente.

 

Resfriamento adequado:

Ao perfurar materiais duros, use um lubrificante ou refrigeração para evitar o superaquecimento e prolongar a vida útil da broca.

 

Manuseio adequado:

Evite quedas ou impactos bruscos que possam danificar a ponta da broca.

 

Brocas específicas para furadeiras sem fio:

Se você estiver usando uma furadeira sem fio, escolha brocas adequadas para minimizar o desgaste excessivo da bateria.

 

Limpeza e armazenamento adequados para furadeira e brocas

Compreender como colocar a broca na furadeira corretamente é tão importante quanto conhecer sobre a limpeza e armazenamento após o uso da ferramenta. 

Veja algumas dicas para assegurar o bom funcionamento e duração dos equipamentos:

 

Limpeza e armazenamento da Furadeira:

  1. Desconecte da fonte de energia: Antes de limpar, certifique-se de que a furadeira esteja desligada e desconectada da fonte de energia.
  2. Remoção de poeira e detritos: Use um pincel ou um compressor de ar para remover poeira e detritos acumulados nas aberturas de ventilação e nas partes externas da furadeira.
  3. Pano levemente úmido: Limpe as superfícies externas com um pano levemente úmido. Evite o uso de água em excesso para evitar danos elétricos.
  4. Armazenamento: Armazene a furadeira em um local seco para evitar corrosão. Se possível, utilize um estojo de transporte para proteção adicional. É importante guardar a furadeira na posição vertical para evitar danos ao cabo e ao mandril.
  5. Cabos organizados: Enrole os cabos de forma organizada para evitar desgaste e emaranhamento.
  6. Proteção contra poeira: Se possível, utilize capas protetoras ou guarde a furadeira em um saco resistente para protegê-la contra poeira e detritos.

 

Limpeza e armazenamento das brocas:

  1. Remoção de resíduos: Após o uso, remova resíduos de material da broca usando um pincel, escova ou soprador de ar.
  2. Limpeza com pano seco: Limpe a superfície das brocas com um pano seco para remover qualquer sujeira restante.
  3. Armazenamento: Armazene as brocas em um estojo apropriado para mantê-las organizadas e protegidas.  Evite armazenar as brocas em locais onde possam sofrer impactos ou quedas. É ideal guardar as brocas em um local seco para prevenir corrosão.
  4. Identificação adequada: Se tiver várias brocas, identifique-as adequadamente para facilitar a seleção na próxima vez que precisar usá-las.
  5. Evite empilhamento excessivo:  Evite empilhar objetos pesados sobre as brocas para evitar danos às pontas.

 

Ao seguir essas orientações de limpeza e armazenamento, você manterá sua furadeira e brocas em boas condições, garantindo desempenho consistente e uma vida útil mais longa para suas ferramentas.

 

Solução Prática: Aluguel de Furadeira

O aluguel de furadeira pode ser uma solução prática em diversas situações, especialmente se você precisa da ferramenta para um projeto específico e não deseja fazer um investimento de compra. 

Aqui estão algumas considerações e benefícios práticos do aluguel de furadeira:

 

1) Custo:

O aluguel é uma opção mais acessível do que a compra, sendo uma escolha econômica para projetos esporádicos.

 

2) Variedade de modelos:

As empresas de aluguel oferecem uma variedade de modelos e tipos de furadeiras, permitindo escolher a mais adequada para o seu projeto.

 

3) Não compromete espaço de armazenamento:

Não é necessário dedicar espaço de armazenamento para a furadeira quando ela não está em uso, sendo ideal para quem tem pouco espaço.

 

4) Manutenção:

Geralmente, as empresas de aluguel realizam a manutenção regular das ferramentas, garantindo que estejam em boas condições de funcionamento.

 

5) Durante o tempo necessário:

Alugue a furadeira pelo período exato necessário para o seu projeto, evitando custos desnecessários.

 

6) Acessórios e brocas:

Verifique se a furadeira alugada inclui os acessórios necessários, como brocas, e se há custos adicionais associados a esses itens.

 

Ao avaliar esses benefícios e considerações, você poderá decidir se o aluguel de furadeira é a solução prática mais adequada para suas necessidades específicas.

 

A Casa do Construtor, maior franquia de aluguel de equipamentos da América Latina, oferece a locação de furadeiras e mais de 70 diferentes tipos de equipamentos que irão realizar as demandas com muito mais facilidade e economia.

São mais de 600 lojas espalhadas por todo Brasil, disponibilizando as melhores marcas do mercado. A locação é pelo tempo que precisar, isso ajuda muito na hora de realizar trabalhos pontuais, é como ter sempre uma ferramenta como nova disponível.

 

Você também pode gostar

Recomendados para você

Artigos sobre Locação de Equipamentos Dicas para escolher o melhor martelete demolidor!

  Escolher o martelete demolidor correto é essencial para garantir o sucesso e a segurança em projetos de construção e demolição.  Um martelete demolidor mal escolhido pode resultar em desperdício de tempo, esforço e até mesmo em riscos à segurança dos trabalhadores. Portanto, entender as necessidades específicas do projeto, as características do material a ser […]

Larissa Silva

Artigos sobre Locação de Equipamentos Aluguel de Martelete: Guia Prático para sua Locação

A obra começou e você precisa saber todas as informações sobre o aluguel de martelete? Então está no lugar certo! Preparamos um guia com todas as informações sobre os marteletes mais comuns no mercado.  Seja como perfurador, rompedor ou demolidor, os marteletes são peças essenciais para otimizar o trabalho na sua obra, garantindo muito mais […]

Jeovana Amorim

Artigos sobre Construção Martelete para que serve? Veja suas funções aqui!

Martelete para que serve?  Essa pode até ser uma dúvida frequente entre aqueles que estão iniciando na área da construção ou até mesmo começando alguma reforma, ou construindo um novo sonho.  O martelete, para que serve afinal? Bem, é uma ferramenta poderosa e versátil, utilizada em uma ampla gama de atividades na construção civil e […]

Jeovana Amorim