Aprenda como escolher a franquia ideal para investir em 7 passos

Por Construlino - 22 de março de 2018

Se você tem planos de ingressar no mercado comandando um negócio, já deve imaginar que existe uma série de opções disponíveis. O que poucas pessoas sabem, porém, é que se tornar um franqueado pode ser uma excelente forma de obter sucesso. Portanto, caso você tenha dúvidas sobre como escolher uma franquia para investir, veio ao lugar certo.

como escolher a franquia ideal

Veja a seguir!

O que deve ser levado em consideração para escolher a franquia ideal?

Embora seja uma questão subjetiva do investidor, a decisão pela franquia ideal deve levar em conta alguns fatores importantes, responsáveis por determinar o sucesso do empreendimento. Pensando em orientar essa escolha, elaboramos sete passos para você seguir e ser feliz com o seu negócio!

Mas vale lembrar: um bom planejamento deve vir antes de qualquer coisa. Vamos aos passos?

1. Escolha o segmento

Você já sabe em qual setor sua empresa vai atuar? Caso a resposta seja negativa, comece procurando por áreas pelas quais tenha interesse ou afinidade. Dessa forma, o processo de aperfeiçoamento dentro do ramo no qual vai ingressar se tornará mais simples.

Considere, ainda, sua experiência profissional — ou aquilo que seu senso de empreendedor apontar. Mas vale ressaltar que o importante nesse caso é se ater a não direcionar seus esforços para um lado de que não goste, baseando sua escolha apenas no retorno financeiro.

Ou seja: busque identificação com o que está se propondo a fazer. Não desconsidere também que a escolha da área vai impactar diretamente na sua forma de interação com a empresa (principalmente se você for administrador, além de investidor).

2. Estude a viabilidade do negócio

Agora que você já sabe em qual setor quer abrir o seu próprio negócio, é muitíssimo importante analisar a viabilidade desse investimento, isto é, se ele realmente pode ser bem-sucedido e gerar lucros para manter suas atividades. Lembre-se de que há um tempo até a obtenção do retorno do investimento, sendo que a empresa precisa se sustentar enquanto isso.

Além da viabilidade financeira, é essencial considerar a região em que o negócio será instalado, afinal esse cuidado é indispensável para a sobrevivência de qualquer empreendimento. Portanto, após analisar se há demanda suficiente para a abertura da empresa naquela localidade, não deixe de lado a questão operacional.

Se você precisa de estrutura logística e de transporte, por exemplo, o planejamento deve pensar nessas questões. Por fim, não se esqueça de realizar as projeções das receitas. Em outras palavras, avalie tudo aquilo que se espera em curto, médio e longo prazo. Embora a expectativa de retorno dependa do tipo de negócio, esse exercício é fundamental para entender como escolher uma franquia.

3. Avalie a opinião de outros franqueados

A melhor maneira para conhecer de fato a realidade do negócio e o método de trabalho da franqueadora é conversando com outros franqueados. Clientes anteriores, que têm experiência nessa relação, podem expor suas ideias ou opiniões e, acima de tudo, mostrar qualquer satisfação com o serviço ou suporte oferecido.

A aceitação do produto e o reconhecimento da marca também são pontos importantes a serem discutidos com outros franqueados. Imagine que, se eles não estiverem gostando do serviço ou as promessas não forem cumpridas, a chance de ter uma relação conturbada é muito grande.

4. Conheça o mercado de franquias

A escolha do segmento já é, por si só, uma forma de estudar seu produto. Foque no valor agregado que pode oferecer aos clientes e pense no diferencial competitivo. Além disso, considere a estratégia mais coerente com a ascensão da sua marca.

Dependendo de como é a concorrência, do seu cliente ideal e da forma com a qual pretende comercializar os produtos e serviços, pode valer a pena atuar pensando em cluster ou, ainda, valorizando o custo baixo etc.

A administração deve ter em mente que manter a qualidade e o padrão no serviço prestado ou produto oferecido é importante para a consolidação do negócio. Pesquisas de mercado também incluem a apuração da melhor forma de se inserir nele.

5. Levante o capital exigido pela franqueadora

Depois de analisar as oportunidades disponíveis no mercado de franquias, definir o segmento em que atuará, realizar um estudo de viabilidade do investimento e conhecer a opinião dos demais franqueados, chegou a hora de reunir o montante necessário para iniciar a operação da marca.

Lembre-se: o capital de investimento é uma etapa muito importante para o sucesso desse modelo de negócio. Tenha em mente a importância de guardar uma reserva dos recursos para arcar com gastos não previstos inicialmente.

Se houver outra fonte de renda, por exemplo, é preciso realizar uma economia de, pelo menos, seis meses, considerando que nos primeiros momentos não haverá retiradas. Isso porque a franquia estará em processo de consolidação e, na maior parte dos casos, apresentando rendimentos insuficientes.

6. Valorize seu perfil de investidor

Suas perspectivas se enquadram no perfil da franquia? Além das questões de capital social e da sua familiaridade com o segmento, pense mais a fundo em como isso o contempla enquanto investidor.

Considere seu estilo de vida e, principalmente, os planos que tem para o futuro. Como a aquisição dessa franquia colabora com o seu planejamento? Não se esqueça de que você precisa ter lucratividade e também satisfação com a propriedade da franquia.

7. Observe com cuidado a COF

Tão indispensável quanto saber como escolher uma franquia é avaliar a COF (Circular de Oferta de Franquia) ao eleger o negócio ideal. Esse documento é responsável por informar tudo aquilo que será oferecido pela franqueadora. Devem constar, de forma clara e objetiva, questões relacionadas aos seguintes pontos:

  • taxas praticadas;
  • valores devidos;
  • apresentação da loja;
  • estrutura física;
  • responsáveis técnicos;
  • suporte e muito mais.

Antes de assinar o contrato, identifique as condições impostas pela franqueadora para só então efetivar o negócio. Em caso de dúvidas durante a leitura, aconselha-se contar com o auxílio de um advogado especializado, de modo a não deixar passar nenhum ponto em desacordo — especialmente quanto ao pagamento de taxas, comissões ou despesas relacionadas a publicidade e aluguel de equipamentos, entre outros.

Concluindo, para não errar na tarefa de escolher uma franquia de sucesso, busque por informações sobre a franqueadora pela qual você está de fato interessado. Não tenha medo de apresentar todas as suas dúvidas e fazer questionamentos, ainda que pareçam bobos. Tratando-se desse tipo de investimento, a segurança é imprescindível para fechar negócio.

Seu perfil empreendedor o orienta sobre como escolher uma franquia ideal para investir. Que tal discutir essa decisão com quem mais entende do assunto e obter um feedback acertado sobre sua ideia de investimento? Entre em contato com a nossa equipe!

Você também pode gostar

Recomendados para você

comitês temáticos em franquias
Franquia de Sucesso Comitês temáticas em franquias: entenda como funcionam

Uma das melhores formas de manter uma boa relação no franchising é por meio valorização dos franqueados, pois permite melhorar a comunicação dentro do sistema de franquias. Por isso, estruturas como os comitês temáticos conseguem fazer toda a diferença nesse aspecto. A esse respeito, vale ressaltar que em qualquer relação deve existir uma comunicação saudável […]

Construlino

franquias para investir no Brasil
Franquia de Sucesso Como escolher boas franquias para empreender? Entenda aqui

Muitos brasileiros têm visto o investimento em um negócio próprio como uma boa alternativa para obter estabilidade financeira e, ao mesmo tempo, garantir uma profissão com maior autonomia. Além do mais, ao seguir esse caminho é possível desenvolver serviços em uma área que tenha a ver com seu perfil e qualificação, o que é essencial […]

Construlino

franquia ou negócio próprio
Franquia de Sucesso Franquia ou Negócio Próprio: qual é a melhor opção para investir?

Administrar um empreendimento nunca foi uma tarefa fácil. Em virtude da busca por resultados positivos e a competitividade do mercado, é preciso tomar atitudes corretas e baseadas em informações concretas. Mas, no caminho rumo ao sucesso, muitas dúvidas podem surgir. Uma delas é: trabalhar com uma franquia ou negócio próprio? Em ambos os casos, existem […]

Construlino