8 dicas para fazer a restauração de pisos da maneira correta

Por Construlino - 11 de junho de 2018

O piso é uma parte muito importante na decoração e manutenção de qualquer casa e, por isso, merece grande atenção. Com o passar do tempo, mesmo tomando os devidos cuidados, aos poucos o piso de uma residência vai se deteriorando, o que o deixa com um visual gasto e desagradável.

dicas para restauração de pisos

Com o intuito de trazer de volta o brilho e deixá-lo com cara de novo, a opção de fazer uma reparação deve ser sempre considerada, uma vez que costuma sair mais em conta do que simplesmente fazer a troca de todo o material. Confira agora algumas dicas para restauração de pisos que você não pode ficar sem saber!

Piso de madeira

Os pisos de madeira são visualmente agradáveis e deixam qualquer ambiente elegante. Por isso, costumam ter um preço mais elevado para instalação. Dessa forma, optar por uma revitalização é um meio de justificar o maior valor pago no momento de aquisição desse material.

Preste atenção nas dimensões do piso que você deseja reparar. Ele precisa ter, no mínimo, 2 cm de espessura; caso contrário, o revestimento acaba aparecendo após o lixamento. Geralmente, esse procedimento é mais aconselhável para assoalho ou taco.

Quando o piso tem algumas peças danificadas e há a necessidade de substituí-las, o processo de raspagem as deixa com aparência homogênea em relação ao restante da área. Com isso, ele evita aquela aparência desagradável e uma diferença muito grande de cores.

Um outro fator importante que justifica a opção pela restauração do piso é que se trata de uma medida sustentável, pois evita o desperdício de madeira.

Veja agora como realizar esse procedimento da maneira correta:

1. Tire os móveis do cômodo

O processo de restauração de piso de madeira gera muita poeira, sem falar da demanda de aplicação de produtos químicos. Portanto, o ideal é retirar todos os móveis da área em que será realizado o procedimento. Depois, espere pelo menos 18 horas para colocá-los novamente no cômodo.

2. Preencha os buracos e imperfeições

Antes de tudo, é preciso deixar o piso uniforme. Para isso, utilize uma massa acrílica própria para madeira. Esse material pode ser encontrado em cores semelhantes às do piso, o que o torna uma ótima opção para disfarçar os mais variados desgastes. Hoje em dia não se usam mais o pó da madeira e cola para esse preenchimento, pois esse tipo de revestimento sai rapidamente.

3. Lixe muito bem

O passo mais importante para a revitalização do piso é a raspagem: a superfície danificada deve ser lixada com delicadeza. Se os danos forem pontuais, você pode optar por uma lixadeira de mão. Já no caso de uma deterioração geral, será necessário o uso de uma lixadeira de pisos de madeira, que atende com facilidade uma maior extensão de área. Esses equipamentos costumam ser encontrados para alugar.

4. Faça uma limpeza rigorosa

Após lixar o piso, limpe-o rigorosamente. O processo de raspagem gera muitos resíduos e poeira, o que prejudica o resultado final. Use uma vassoura e também passe o aspirador de pó em toda a área do cômodo.

5. Finalize com o acabamento

Depois de o piso ter sido lixado e bem limpo, ele estará pronto para receber o finalizador, que será responsável para resgatar o brilho da madeira. Você pode escolher entre verniz, resina ou impregnador de madeira.

Os vernizes costumam ser à base de formol, enquanto as resinas são feitas com água (o que torna sua secagem mais rápida).

Esse processo de revitalização pode ser feito em todos os tipos de madeira, desde as resistentes até as menos densas e que marcam mais. Porém, é preciso observar que, depois de muitas raspagens, as beiradas do encaixe do piso ficam fragilizadas, aumentando a possibilidade de trincas ou de quebra das peças. Geralmente esse processo pode ser realizado no mesmo piso de três a cinco vezes.

Piso cerâmico

Apesar de ser resistente e de fácil limpeza, o piso cerâmico, assim como qualquer outro, pode acabar se desgastando se não for bem cuidado. A falta de zelo causa perda do brilho e corrosão do esmalte de sua superfície.

Os grandes vilões desse tipo de piso costumam ser os produtos de limpeza: não use multiusos, alvejantes e desinfetantes, pois essas mercadorias contribuem para a abertura dos poros do piso, deixando-o mais sujeito a manchas. Já os limpadores de pedra ou ferrugem contêm ácidos que corroem seu esmalte.

Deve-se também evitar lavar o piso, pois, apesar de a cerâmica ser mais resistente que a madeira, ela também sofre com o excesso de água. O ideal é usar um pano úmido e, caso seja necessária uma limpeza mais profunda, opte por um detergente neutro.

Você também pode usar vassouras e escovas, mas confira se suas cerdas são macias. Materiais abrasivos podem provocar riscos e o desgaste do esmalte.

Saiba agora alguns procedimentos e dicas para restauração de pisos de cerâmica:

6. Tratamento artificial

Trata-se da aplicação de uma cera acrílica para dar brilho à cerâmica. São necessárias entre duas e três demãos. A vantagem do tratamento artificial é que ele tem baixo custo, porém demanda constante manutenção. Esse produto simula o esmalte íntegro e deixa o piso com uma boa aparência.

7. Revitalização

Solução definitiva e que demanda mão de obra qualificada e maquinário específico. Esse processo restaura o esmalte da cerâmica, deixando o piso uniforme e sem riscos.

8. Pintura da cerâmica

Uma terceira alternativa é pintar a cerâmica. Existem tintas específicas e resistentes adequadas para esse procedimento, que é bastante comum em países da Europa e também nos Estados Unidos.

Cuidar de todos os detalhes da casa é essencial para a reforma de uma casa. Portanto, se você não se esquece de toda a estrutura da residência, por que ignorar a base? Com as nossas dicas para restauração de pisos, eles sempre vão parecer novos e bem-cuidados. Mãos à obra!

Com todas essas dicas para restauração de pisos, você já está pronto para começar a reforma e deixar o piso brilhante. Entre em contato com a Casa do Construtor e alugue os melhores equipamentos para limpeza e manutenção!

Você também pode gostar

Recomendados para você

Limpeza pesada na casa
Aluguel de Equipamentos de Limpeza Limpeza pesada na casa: quais itens precisam de maior atenção?

Sempre que fazemos uma limpeza pesada de casa, esquecemos de um ou outro utensílio, ainda que sejamos bem diligentes. Como consequência disso, as residências ficam repletas de bactérias, aglomerados de mofo que podem desencadear danos à saúde. Porém, para mudar esse cenário e fazer tudo de acordo, é preciso saber quais são os utensílios e […]

Construlino

lavadora de alta pressão
Aluguel de Equipamentos de Limpeza Saiba como usar a lavadora de alta pressão

A limpeza de piscinas, calçadas, quintais, churrasqueiras, toldos, tapetes, veículos de pequeno e grande porte, e até de grandes edifícios, fica ainda mais rápida com a utilização da lavadora de alta pressão.     Também conhecido como lava a jato, esse equipamento apresenta múltiplas utilidades. Mas, para remover toda a sujeira, é muito importante seguir algumas dicas fundamentais. Pensando nisso, no […]

Construlino

manutenção de telhados
Limpeza Quais as melhores práticas de manutenção de telhados? Confira!

O telhado representa proteção para a edificação e para as pessoas que a utilizam. Porém, para que ele desempenhe essa função, a manutenção de telhados não pode ser deixada de lado. Afinal, quem quer ter vazamentos, goteiras e lidar com os danos que esses problemas podem causar? Como o telhado geralmente fica fora do alcance […]

Construlino